Citigroup pode registar baixa adicional de US$9 bi, di Goldman

O Citigroup pode registrar umabaixa contábil adicional de 9 bilhões de dólares no segundotrimestre e levantar mais capital, segundo um analista doGoldman Sachs, que espera que o banco norte-americano registreprejuízo no período. William Tanona, do Goldman, afirmou ainda que vê o MerrillLynch incorra em baixa contábil de 4,2 bilhões de dólares nosegundo trimestre. O analista espera que a maior corretora de valores do mundotenha um prejuízo de 2 dólares por ação ante sua previsãoanterior de lucro de 0,25 dólar por ação. O analista espera que o Citigroup tenha um prejuízo de 0,75dólar por ação no trimestre. Anteriormente, o Tanona esperavaganho de 0,25 dólar por ação. "Vemos muitos ventos contrários ao Citigroup, incluindobaixas contábeis adicionais, maiores provisões como resultadodas tendências em deterioração de crédito ao consumidor epotencial para aumentos de capital adicionais, cortes dedividendos e venda de ativos", escreveu Tanona. (Por Nena Singh)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.