Citigroup prepara plano de cortes de empregos, diz jornal

Executivos do Citigroup estão preparando os toques finais de um plano de reestruturação que deverá envolver, provavelmente, cortes de 15 mil postos de trabalho e encargos de mais de US$ 1 bilhão, informaram fontes próximas do assunto segundo o jornal Wall Street Journal. O plano está sendo capitaneado pelo vice-presidente de operações, Robert Druskin, que deve divulgar suas recomendações internamente até o final da semana, informou o jornal. A companhia financeira espera revelar o plano a tempo da divulgação dos resultados do primeiro trimestre, marcada para 16 de abril, um dia antes da reunião anual do Citigroup, publicou o jornal. Apesar do plano ainda não estar concluído, Druskin está contemplando uma redução mundial da força de trabalho do Citigroup em 5%. A instituição emprega 327 mil pessoas. Um representante do Citigroup informou que uma revisão das operações da instituição está sendo executada, como anunciado no ano passado. A análise deve estar concluída até 16 de abril, mas o representante não comentou números envolvidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.