Claro paga ágio de 273% pela 4ª licença em leilão de 3G

A Claro arrematou nesta tarde a 4ª e última licença para operar a telefonia celular de terceira geração na Área 1 (Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Sergipe). A empresa pagou R$ 612,0 milhões pelo lote, o que representa um ágio de 273,92% sobre o preço mínimo, de R$ 163,669 milhões estabelecido pela Anatel. Este foi o maior ágio registrado no leilão até o momento.Os outros três lotes leiloados até agora, todos da Área 1, foram vencidos pela Vivo, Oi e TIM. Apesar de ter participado intensamente da disputa por todas essas licenças, a Nextel não levou nenhum lote até o momento.A próxima licença a ser leiloada é a 1ª da Área 2, que engloba a região Sul o Centro-Oeste e os Estados de Tocantins, Rondônia e Acre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.