finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cláudio Vaz aponta sugestões para investimentos industriais

O presidente eleito do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Cláudio Vaz, afirmou hoje que encaminhará na próxima semana ao ministro da Fazenda, Antonio Palocci, sugestões para incrementar os investimentos industriais no País. Entre as medidas estudadas estão a aceleração do processo de desoneração tributária dos investimentos e alterações nas regras de suspensão do pagamento de impostos por parte dos exportadores.Outro tema debatido durante o encontro com Palocci foi o acúmulo de crédito fiscal por parte dos exportadores. Segundo Vaz, empresas como os calçadistas de Franca, no interior paulista, estão destinando quase 80% de suas produções para o mercado externo e, com isso, acumulam um grande volume de crédito fiscal em decorrência das compras de insumos feitas no País.Para o presidente da Ciesp, a solução para os créditos já acumulados é única: o ressarcimento por parte do governo. Entretanto, para evitar este acumulo, Vaz defendeu durante a conversa com Palocci a utilização do mecanismo de suspensão do pagamento de tributos para os exportadores.Racha na direção das indústriasAlém do aspecto técnico, a visita de Vaz ao ministro da Fazenda traz uma característica política importante: marca claramente o racha entre a direção do Ciesp e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Há duas semanas, o presidente eleito da Fiesp, Paulo Skaf, fez uma peregrinação por Brasília. Vaz segue nesta quinta-feira o mesmo roteiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.