Clientes do Banco Santos só podem retirar R$ 20 mil

O Banco Central anunciou neste sábado que estão congelados todos os depósitos no Banco Santos, um total de R$ 1,8 bilhão, pertencentes a 700correntistas.Estes correntistas só poderão sacar os R$ 20 mil garantidos pelo BC. O restante dos depósitos fica retido por, no mínimo, seis meses.R$ 700 milhõesO banco está sob intervenção do BC desde sexta-feira à noite. Segundo a instituição, o Banco Santos precisa cobrir um ?buraco? de R$ 700 milhões para voltar a funcionar.O BC investiga o banco por irregularidades na concessão de empréstimos, maquiagem nos balanços e problemas de liquidez.InvestigaçãoO banco passou a ser administrado pelo interventor Vânio César Aguiar, chefe do departamento de supervisão indireta do BC. O interventor tem 60 dias para investigara situação da instituição.Todos os bens de Edemar Cid Ferreira, controlador do Banco Santos, e dos diretores do banco estão indisponíveis.Patrimônio negativoSegundo Paulo Sérgio Cavalheiro, diretor de Fiscalização do BC, a autoridade monetária decretou intervenção porque o banco estava com patrimônio líquido negativo em R$ 100 milhões, isto é, suas dívidas ou obrigações eram R$ 100 milhões superiores aos bens e recursos que o banco possui.A instituição reportava que seu patrimônio era de R$ 600 milhões, mas técnicos do BC reavaliaram a carteira de empréstimos do banco e determinaram que boa parte deveria ser provisionada.CaloteIsto significa que grande parte dos créditos referentes aos empréstimos não poderia ser considerada entre os ativos do banco, mas contabilizada como recursos que não serão recuperados (clientes que provavelmente vão dar calote).Para voltar a funcionar dentro das normas do BC, que determina requerimentos mínimos de reserva de capital para cada dólar emprestado, o Banco Santos precisa de uma injeção de recursos de R$ 700 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.