Clientes podem ser indenizados

Proprietários de veículos que se sentirem lesados em relação à prestação de serviços das seguradoras podem entrar na Justiça requerendo indenização por danos morais e terão chances de ganhar. Uma decisão recente da 4.ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, favorável ao ressarcimento de Carlos Carvalho pela Unibanco Seguros, tornou-se referência para todos os casos similares. Carvalho deve receber uma quantia equivalente a 50 salários mínimos.O caso foi parar na Justiça após quatro meses de demora no conserto do carro. O veículo foi roubado e o ladrão abandonou-o após uma violenta batida. De acordo com uma mecânica autorizada, a condição do automóvel indicava perda total. Após a recusa da seguradora de pagar o valor do bem, Carvalho viu-se obrigado a consertá-lo e acabou recebendo-o com uma série de defeitos. Encaminhando pela segunda vez à concessionária, entrou com ação judicial alegando que o dano sofrido indicava perda total.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2000 | 07h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.