Clima de pessimismo leva o dólar a R$ 3,00

O dólar comercial superou a barreira psicológica dos R$ 3,00 na manhã de hoje, refletindo um clima de pessimismo que vem se instalando no mercado desde o início da semana. Os analistas consultados pela Agência Estado avaliam que esse ambiente é decorrente de uma somatória de fatores, como o adiamento da votação da reforma da Previdência, comportamento negativo no mercado externo, alta do risco Brasil e petróleo em alta. Além disso, houve presença forte de importadores no mercado na manhã de hoje e há sinais de empresas cotando hedge. Os analistas avaliam que até o final do dia será possível ter certeza se esse ambiente se consolidará numa reversão de tendência, ou se a calma do mercado será retomada na semana que vem. Afinal, o início de mês é propício aos exportadores e há expectativa de entradas de recursos captados no exterior nos últimos dias. No final desta manhã, o dólar comercial era cotado a R$ 3,00, com alta de 1,18%. Na máxima a moeda norte-americana foi negociada a R$ 3,003, com valorização de 1,28%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.