Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Clima econômico piora na América Latina, diz pesquisa da FGV

O clima econômico na América Latinapiorou em janeiro, devido a uma diminuição nas expectativas quereflete em parte a crise hipotecária dos Estados Unidos,mostrou nesta quarta-feira uma pesquisa da Fundação GetúlioVargas (FGV) em parceria com o instituto alemão Ifo. O Índice de Clima Econômico caiu 0,4 ponto em relação aoutubro de 2007, para 5,2 pontos em janeiro. O componente de expectativas caiu de 4,7 para 4,1 pontos. Ode situação atual teve leve variação, passando de 6,4 pontos emoutubro para 6,3 pontos em janeiro. "A situação atual permanece relativamente imune aos efeitosda crise (do setor imobiliário norte-americano). Há uma pioranas expectativas, mas o maior impacto negativo ocorreu emoutubro", disse a FGV em nota. "Não pode ser descartada a hipótese de contágio da crise,mas essa tenderia a ter um efeito relativamente menor do que emoutras crises." Entre os países, apenas dois tiveram aumento do Índice deClima Econômico: Argentina e Paraguai. No Brasil, o indicadorteve leve baixa, passando de 6,5 pontos em outubro para 6,4pontos em janeiro. O Brasil melhorou no ranking do índice, indo do quinto parao quarto lugar. (Reportagem de Vanessa Stelzer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.