Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Clima nos EUA faz trigo subir quase 4%

A previsão de clima seco em áreas produtoras de trigo dos Estados Unidos puxou para cima os preços do cereal na Bolsa de Chicago ontem. O clima tem sido fator preponderante neste mercado. Ao longo da semana passada, a expectativa era de que chovesse nas Grandes Planícies no fim de semana e os preços caíram. Mas a estiagem permanece em algumas áreas, segundo meteorologistas, o que sustenta as cotações. Além disso, China e Europa também enfrentam clima adverso na produção do cereal. Diante desse risco, o contrato do trigo para entrega em julho subiu 3,94% e terminou a segunda-feira a US$ 8,1075 por bushel. Entretanto, especuladores podem ter conduzido o mercado, aproveitando a queda de preço da semana passada para comprar barato e embolsar lucros na alta.

Filipe Domingues, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2011 | 00h00

O clima também foi fator relevante para o mercado de soja: o excesso de umidade pode afetar o fim da colheita na América do Sul, puxando os preços para cima. O contrato com vencimento em julho subiu 0,93% em Chicago. A umidade pode atrapalhar também o plantio de milho nos Estados Unidos. O cereal subiu ontem 1,33%.

Em Nova York, prevaleceram fatores macroeconômicos. A agência de classificação de risco Standard & Poor''s sinalizou que a recuperação da economia americana pode demorar mais do que o previsto, o que pesa nas commodities. O café recuou 1,27% e o açúcar, 0,77%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.