CMN amplia prazo para registro de acordos de netting

O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou de cinco para 15 dias o prazo máximo para o registro dos acordos para compensação e liquidação de obrigações no âmbito do Sistema Financeiro Nacional (SFN), conhecidos como acordos de netting. Esses acordos são utilizados com o objetivo de mitigar riscos.

CÉLIA FROUFE E EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

29 de setembro de 2011 | 18h11

Firmados por meio de contratos de longo prazo entre as instituições e seus clientes, os contratos são registrados em cartório ou sistema de registro e de liquidação financeira de ativos autorizado pelo Banco Central ou ainda em entidades que já operem o registro de mercados organizados de derivativos credenciadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A chefe adjunta do Departamento de Normas do Banco Central, Silvia Marques, explicou que o volume dessas operações vinha crescendo de maneira significativa, dificultando, portanto, o registro das operações.

Tudo o que sabemos sobre:
MNprazoNettingCVM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.