CMN aprova resolução que regulamenta swap entre BC e Fed

Resolução não traz novidades em relação ao que foi anunciado por Henrique Meirelles na quarta

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

30 de outubro de 2008 | 20h59

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que regulamenta o acordo entre o Banco Central do Brasil e o Federal Reserve (BC dos Estados Unidos), que cria linha de swap de moedas de até US$ 30 bilhões entre os dois países. A resolução não trouxe novidades em relação ao anunciado no dia anterior pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Veja também:Banco poderá diluir perdas da venda de carteira, decide CMNCMN eleva exigibilidade do uso da poupança rural para créditoFGTS vai repassar R$ 7 bi ao BNDES para fortalecer empréstimoDe olho nos sintomas da crise econômica Veja os reflexos da crise financeira em todo o mundoVeja os primeiros indicadores da crise financeira no BrasilLições de 29Como o mundo reage à crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitosEspecialistas dão dicas de como agir no meio da crise Dicionário da crise   Segundo o texto distribuído à imprensa, os dólares recebidos pelo Brasil serão creditados em conta brasileira mantida no Fed de Nova York. Já os reais enviados para o Fed serão mantidos em conta da autoridade monetária norte-americana no BC brasileiro. O texto diz, ainda, que a taxa de câmbio para a compra dos dólares e a venda dos reais será a mesma na venda e na recompra dos valores. A operação pode ser feita até o dia 30 de abril de 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.