CMN autoriza transformação de Credicard em banco múltiplo

O Conselho Monetário Nacional aprovou o pedido de transformação da Credicard Administradora de Cartões em banco múltiplo com um patrimônio de referência inicial de R$ 225 milhões. "A transformação da Credicard em banco ajudará a reduzir os custos de operação dos bancos acionistas da empresas existente (Citibank, Itaú e Unibanco)", disse o diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro do Banco Central, Sérgio Darcy.O CMN resolveu, ao mesmo tempo, encaminhar ao presidente da República a sugestão de edição de um decreto permitindo a participação de até 100% do capital da instituição a ser criada pela Credicard. "Fizemos isto só por uma pontencialidade. Por enquanto, todos os três acionistas mantêm a mesma participação (1/3 de cada)", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.