CMN deve aprovar conta eletrônica para não residentes no Brasil

Na reunião extraordinária de hoje do Conselho Monetário Nacional (CMN) deverá ser aprovada a criação de uma conta eletrônica para pessoas não residentes no País. Com isso, a Caixa Econômica Federal poderá lançar um novo produto destinado a brasileiros que moram no exterior. O lançamento do novo produto já está previsto para a próxima semana nos Estados Unidos, durante viagem que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao país.A idéia é que essas pessoas possam enviar até R$ 10 mil (cerca de US$ 3 mil) por mês para o Brasil. Pela regulamentação que está sendo analisada pelo CMN, uma parte do dinheiro poderia, inclusive ser direcionada para uma conta-poupança no Brasil, em nome do remetente.A proposta foi apresentada pela CEF e seria incluída na pauta deste mês do CMN. Mas ela foi colocada na pauta da reunião extraordinária para compatibilizar o lançamento da conta eletrônica com a viagem do presidente Lula aos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.