CMN deve receber proposta sobre tarifa de cartões em setembro, diz Meirelles

O presidente do BC  anunciou a data na cerimônia de assinatura de acordo de cooperação entre o Ministério da Justiça e a autoridade monetária para aperfeiçoar a regulamentação das instituições financeiras

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

14 de julho de 2010 | 17h12

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, anunciou que a proposta de regulamentação das tarifas bancárias referentes ao cartão de crédito deverá ser concluída até o final de setembro, quando será enviada ao Conselho Monetário Nacional (CMN) para apreciação e votação. Meirelles anunciou a data durante cerimônia de assinatura de acordo de cooperação entre o Ministério da Justiça e a autoridade monetária para aperfeiçoar a fiscalização e regulamentação das instituições financeiras.

Durante o evento, Meirelles defendeu uma ação regulatória para evitar problemas como os observados nos últimos anos na Europa. Segundo ele, a "cultura da falta de responsabilização clara" ajudou no agravamento da atual crise financeira. Além disso, ponderou, a ausência de regulação gera prejuízo à economia e seu custo acaba sendo pago pelas famílias via aperto fiscal ou elevação de impostos.

Segundo Meirelles, o acordo com a Justiça permitirá ao BC fiscalizar de forma mais eficiente o sistema financeiro e regular de modo mais adequado os bancos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.