CMN esclarece: banco pode captar recurso para o SBPE

O Banco Central esclareceu hoje que o Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu autorizar as instituições financeiras que operam exclusivamente com caderneta de poupança rural a captarem recursos para o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Também autorizou as instituições que operam exclusivamente com caderneta de poupança do SBPE a captarem recursos na caderneta de poupança rural.De acordo com esclarecimentos feitos pelo Banco Central, não houve qualquer alteração nas regras de aplicação dos recursos captados por essas instituições destinadas ao crédito rural e ao crédito imobiliário. A exigibilidade de aplicação dos recursos nas áreas rural e imobiliária continuam as mesas, informou o BC. "O BC exigirá também o cumprimento da regra que determina a aplicação de 65% dos depósitos de cada modalidade de poupança em crédito habitacional e rural", afirma, em nota.O BC informou ainda que o CMN definiu um limite para que as instituições possam ampliar suas captações de poupança: as instituições poderão ampliar suas captações no outro segmento de poupança até 10% da carteira.A autorização do CMN beneficia diretamente cinco instituições que operam com a poupança rural: Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, e as cooperativas Bansicredi e Bancoob.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.