CMN mantém juros a longo prazo em 6,25% ao ano

TJLP vale para empréstimos de longo prazo, apesar do custo variável, e permanece fixa a cada trimestre

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

27 de março de 2008 | 11h32

O Conselho Monetário Nacional (CMN) manteve nesta quinta-feira, 27, a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) em 6,25% ao ano, valor que valerá para o segundo trimestre de 2008. A informação foi antecipada pelo secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt.  A TJLP foi criada em dezembro de 1994 com a finalidade de estimular os investimentos nos setores de infra-estrutura e consumo. Ela é válida para empréstimos de longo prazo, apesar de seu custo ser variável, e permanece fixa a cada trimestre.  O diretor de Liquidações e Desestatização do BC, Gustavo do Vale, justificou a manutenção da taxa dizendo que os parâmetros utilizados continuam iguais aos de dezembro, quando a taxa foi fixada nesse patamar para o primeiro trimestre de 2008. Segundo ele, o centro da meta de inflação continua em 4,5% ao ano e o prêmio de risco em 1,75% ao ano.  A TJLP é calculada com base em dois parâmetros: uma meta de inflação calculada para os doze meses seguintes ao primeiro mês de vigência da taxa e um prêmio de risco. A taxa é divulgada trimestralmente pelo Banco Central.  A TJLP está em 6,25% ao ano desde o terceiro trimestre de 2007. Ao ser questionado o que aconteceria com a TJLP se a inflação subir, Vale respondeu que "esta é uma questão futura que não cabe especular agora".

Tudo o que sabemos sobre:
JurosTJLP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.