Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

CMN regula ampliação de linha externa para exportação

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que regulamenta a ampliação do uso de linhas externas de crédito comercial para viabilizar operações de exportação indireta, que é a venda de insumos que fazem parte do processo produtivo, da montagem ou da embalagem de mercadorias vendidas para o exterior.

EDUARDO CUCOLO E CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

26 de abril de 2012 | 17h08

De acordo com o Banco Central, a resolução está ligada à medida provisória publicada no início do mês (MP 564) com mudanças no Plano Brasil Maior. Na MP, o governo passou a considerar também como exportação indireta as vendas a empresas comerciais exportadoras (tradings) e ampliou ainda as formas para que a exportadora final declare que os insumos serão utilizados no processo produtivo, na montagem ou na embalagem.

Tudo o que sabemos sobre:
CMNexportaçãolinha externa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.