CNC prevê crescimento de 4,5% do comércio em 2013

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) prevê que as vendas do comércio registrarão crescimento de apenas 4,5% este ano, resultado bem inferior aos 8,4% de 2012. Para junho, a expectativa da CNC é de que o volume de vendas cresça 0,6% na comparação mensal.

Agencia Estado

11 de julho de 2013 | 19h32

"A perda de força da inflação ainda não foi suficiente para provocar uma reação mais robusta do varejo como um todo. Entretanto, o ramo de hiper e supermercados e de combustíveis e lubrificantes deverão puxar a recuperação moderada das vendas nos próximos meses", informou em relatório a entidade, lembrando que os preços no varejo registraram variação mensal de apenas 0,1%.

Para os técnicos da CNC, a desaceleração da massa real de rendimentos, que apresentou oscilação de 1,5%, seis

pontos porcentuais abaixo do ritmo verificado em maio de 2012, tem dificultado a recuperação do consumo. "Da mesma forma, a concessão diária de recursos às pessoas físicas, que crescia 12,1% em maio do ano passado, tem mostrado perda de fôlego, oscilando 9,0% nos últimos doze meses.

Tudo o que sabemos sobre:
cncvendasprevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.