CNI: 61,8% das empresas vão investir mais em 2010

Os investimentos deverão crescer para 61,8% das empresas em 2010, sendo que 52,9% acreditam que vão comprar mais máquinas e equipamentos e 8,9% dizem que vão aumentar muito os investimentos. Os dados constam de pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada hoje, que revela ainda que 16,4% das empresas pretendem manter o volume de investimentos no ano que vem, enquanto 17,7% irão reduzir e 4,1% esperam reduzir muito os aportes.

SANDRA MANFRINI, Agencia Estado

17 de dezembro de 2009 | 10h47

A pesquisa da CNI também apurou que 46,3% das empresas realizaram investimentos neste ano conforme o planejado, enquanto 49,8% realizaram parcialmente os investimentos. A razão principal para a retenção dos aportes previstos foi a incerteza econômica.

Outros 3,5% das empresas adiaram os investimentos previstos em 2009 para o próximo ano e 0,4% adiaram por tempo indeterminado ou cancelaram. Para 2010, a incerteza econômica foi apontada pelas empresas consultadas pela CNI como o principal risco ao investimento. O fator foi apontado por 69,8% das empresas.

Tudo o que sabemos sobre:
investimentosindústriaCNI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.