CNI aponta queda na confiança industrial em julho

A confiança do empresário da indústria caiu 2,8 pontos em julho ante junho, atingindo a marca de 53,3 pontos, informou nesta quarta-feira a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Com a queda, a maior desde julho de 2010 na comparação com o mês anterior, o indicador revela que a confiança do executivo industrial atingiu o menor patamar desde abril de 2009, quando os efeitos da crise internacional provocada pela quebra do banco norte-americano Lehman Brothers alcançaram seu auge.

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

20 de julho de 2012 | 13h20

Em relação a igual mês do ano passado, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) registrou queda de 4,5 pontos. Mesmo com o recuo, o Icei segue em patamar que revela otimismo, já que sua contagem vai de 0 a 100 e valores acima de 50 pontos indicam condição melhor ou expectativa positiva. Abaixo desse patamar, revela falta de confiança ou pessimismo.

Tudo o que sabemos sobre:
ICEICNI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.