CNI comenta possíveis efeitos da crise na Xerox

A chefe da unidade de integração internacional da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a economista Sandra Rios, disse hoje à Agência Estado que, dependendo dos efeitos da fraude no balanço da Xerox na confiança dos investidores americanos, os riscos para o Brasil podem ser muito sérios. Ela afirmou que no ambiente de turbulências financeiras atual "qualquer notícia ruim é um problema".O efeito imediato seria uma alta do dólar no Brasil, mas, segundo ela, o maior problema é se a descoberta dessa fraude, a segunda desta semana, provocar um efeito nas bolsas de valores americanas e no comportamento do investidor. A notícia pode contribuir para uma redução do fluxo de capitais no mundo e, em conseqüência, para o Brasil. "Está muito cedo para dizer, mas uma fraude dessas assusta e pode levar os investidores a se retraírem mais, o que também pode ter efeitos sobre o crescimento da economia mundial", avaliou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.