CNI: confiança do empresário industrial cai em outubro

A confiança do empresário industrial caiu em outubro, na comparação com setembro. Segundo pesquisa do Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), divulgada nesta quarta-feira, 16, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), depois de dois aumentos consecutivos, o indicador caiu 0,4 ponto e ficou em 53,8 pontos, abaixo da média histórica de 58,5 pontos.

SANDRA MANFRINI, Agencia Estado

16 de outubro de 2013 | 12h31

Segundo a CNI, as "frequentes oscilações no Icei confirmam o baixo ritmo de crescimento da atividade industrial". De acordo com a entidade, a confiança só melhorou na indústria da construção, setor em que o indicador subiu pelo terceiro mês consecutivo, alcançando 54,8 pontos ante 53,5 pontos de setembro.

Na indústria extrativa, o Icei caiu de 57,7 pontos em setembro para 54,2 pontos em outubro. Na indústria de transformação, o índice recuou de 53,6 pontos para 52,9 pontos.

A pesquisa também revela que o índice de expectativas dos empresários industriais para os próximos seis meses ficou praticamente estável em outubro, em 58 pontos. Em setembro, esse indicador chegou a 58,2 pontos. Já o índice que mede as condições atuais recuou 0,8 ponto, para 45,4 pontos.

O Icei varia no intervalo de zero a 100 pontos e valores acima de 50 pontos indicam empresários confiantes. O indicador de outubro foi calculado com base em entrevistas realizadas de 1º a 11 de outubro, com 2.495 empresas.

Tudo o que sabemos sobre:
confiançaempresárioCNI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.