CNI eleva previsão de crescimento do PIB industrial para 5% neste ano

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto, disse hoje que o crescimento do PIB industrial em 2005 pode chegar a 5%. A previsão inicial da CNI era de 4,5%. Monteiro Neto atribuiu a revisão ao bom desempenho das exportações, que, segundo ele, continuam fortes.Nesta expectativa, Monteiro Neto também embute uma previsão de queda da Selic, a taxa básica de juros da economia, a partir do próximo mês, o que teria efeito no resultado da indústria no último quadrimestre do ano.Ele disse que seria uma "decepção, e até injustificado," se o Comitê de Política Monetária (Copom) não iniciar a trajetória de queda de juros já em setembro. Ele acredita que há espaço para que a Selic feche o ano em torno de 17% e 17,5%.Monteiro Neto lembrou que, embora a demanda interna não seja muito forte, a queda da inflação trouxe ganhos de renda ao trabalhador, o que, combinado com a expansão do crédito consignado, sustentou a demanda por bens de consumo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.