finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

CNI mostra otimismo da indústria com aumento da demanda

Sondagem Industrial mosta que empresasários esperam contratar mais no segundo semestre do ano

Lu Aiko Otta, do Estadão,

26 de julho de 2007 | 12h19

Os empresários industriais estão otimistas quanto ao aumento da demanda e do emprego nos próximos seis meses, informa a pesquisa Sondagem Industrial divulgada nesta quinta-feira, 26, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice que mede a expectativa da demanda passou de 60,6 pontos, registrados no primeiro trimestre, para 60,7 pontos. A CNI ressalta que, embora a variação tenha sido pequena, o resultado está bem acima dos 50 pontos que marcam a linha divisória, na pesquisa, entre o otimismo e o pessimismo. Da mesma forma, os empresários esperam aumentar as contratações na segunda metade do ano. O índice passou de 52,4 pontos para 53,2 pontos. A expectativa de crescimento, segundo a CNI, é baseada na expansão do mercado interno. Em relação ao mercado externo, porém, a expectativa é pessimista. A pesquisa mostra que o índice de expectativa do desempenho das exportações caiu de 48,9 pontos para 47,3 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
IndústriaexpectativasCNI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.