CNI: vendas da indústria crescem 6,8% em novembro

As vendas reais na indústria subiram 6,8% em novembro do ano passado na comparação com igual período de 2006. Em relação a outubro de 2007, as vendas subiram 0,7% com o ajuste sazonal e caíram 1,9% sem esse ajuste. Os dados são da Confederação Nacional da Indústria (CNI).No acumulado de janeiro a novembro de 2007, ante igual período de 2006, as vendas subiram 5,1%. As horas trabalhadas na produção tiveram expansão de 3% em novembro ante novembro de 2006, mas caíram 0,5% na comparação com outubro pelo critério dessazonalizado e caíram 5,8% sem o ajuste sazonal. De janeiro a novembro, as horas trabalhadas subiram 3,9% em relação ao mesmo período de 2006.EmpregoO nível de emprego na indústria subiu 4,2% em novembro ante mesmo mês de 2006. Na comparação com outubro, o nível de emprego caiu 0,1% e 0,6% pelos critérios dessazonalizados e sem o ajuste sazonal, respectivamente. No acumulado do ano, o emprego subiu 3,8% ante igual período de 2006. As remunerações pagas na indústria subiram 4,6% em novembro ante novembro de 2006. Na comparação com outubro, as remunerações subiram 6,2%. De janeiro a novembro, as remunerações pagas subiram 4,9%."Os indicadores industriais da CNI de novembro de 2007 confirmam a continuidade da trajetória de crescimento da indústria de transformação", diz a nota da CNI, destacando que em novembro dois fatos chamaram a atenção: "a longevidade do crescimento das vendas, apesar da valorização do real, e o crescimento da massa de salários, que ocorre pela expansão do emprego e não pelo aumento do salário real do trabalhador".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.