Coalizão alemã chega a acordo para pacote

O 2º conjunto de medidas para estimular a economia será de de US$ 67 bi.

Steve Rosenberg, BBC

13 de janeiro de 2009 | 03h00

A coalizão que governa a Alemanha chegou a um acordo sobre um pacote de estímulo à economia no valor de US$ 67 bilhões.As medidas devem ser anunciadas nesta terça-feira. Esta é a segunda tentativa do governo da Alemanha de estimular a maior economia da Europa. Um pacote inicial adotado no ano passado fez pouco para ligar o motor do crescimento econômico e foi amplamente criticado por oferecer pouco mais de US$ 16 bilhões em novos recursos.Desta vez, o gabinete da chanceler Angela Merkel foi mais longe, acertando um programa de medidas de quase US$ 70 bilhões.Cerca de um terço do dinheiro será gasto em projetos de infra-estrutura. O objetivo é criar novos empregos através da construção de novas estradas, ferrvias, reforma de escolas e expansão da tecnologia de banda larga.Deverão estar previstos ainda incentivos para a compra de carros novos e uma pequena redução na contribuição de empregados ao sistema público de saúde.Famílias com crianças receberão um pagamento único de cerca de US$ 130 por menor.E poderá haver uma redução de impostos para os contribuintes com rendimentos mais baixos.Mas só o pacote não resolverá o maior problema da Alemanha no momento: a queda nas exportações.Com a crise econômica global, há uma demanda menor por bens produzidos na Alemanha, como veículos e máquinas industriais.E é isso acima de tudo o que ameaça lançar a Alemanha em sua pior recessão desde o fim da Segunda Guerra Mundial.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhapacotecrisemerkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.