Cobre sobe puxado por dado dos EUA

O preço do cobre negociado em Londres subiu 0,86% e fechou a US$ 9.325,00 por tonelada. O avanço foi motivado por dados que mostraram um crescimento de 17,5% nas vendas de imóveis residenciais novos nos EUA em dezembro na comparação com o mês anterior. O indicador gerou expectativa de aumento na demanda pelo metal, bastante utilizado em tubulações e em fios elétricos. Apesar disso, os ganhos foram limitados pela perspectiva de que eventualmente a China - maior consumidora mundial de cobre - precisará elevar os juros, medida que poderia reduzir a procura pela commodity.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.