Coca-Cola compra Refrigerantes Minas Gerais por US$ 364,1 mi

Segundo a empresa, compra ainda está sujeita aos órgãos de defesa da concorrência do País

Hélio Barboza, da Agência Estado,

27 de junho de 2008 | 18h41

A Coca-Cola Femsa comunicou na quinta-feira, 26, que fechou a compra da Refrigerantes Minas Gerais Ltda. (Remil), uma das engarrafadoras brasileiras da Coca-Cola, por US$ 364,1 milhões. Segundo a Coca-Cola Femsa, a compra ainda está sujeita à aprovação das autoridades brasileiras de defesa da concorrência. "Essa transação expandirá nossa cobertura no Brasil em mais de um terço e aumentará substancialmente o número de clientes e consumidores que atenderemos", disse Carlos Salazar, presidente-executivo da Coca-Cola Femsa. A Remil, sediada em Belo Horizonte, vendeu no ano passado 114 milhões de caixas de refrigerantes, água, bebidas leves e cerveja. A empresa atende 15 milhões de pessoas em 13 cidades e registrou faturamento líquido de R$ 721 milhões em 2007. A Coca-Cola Femsa informou que suas operações consolidadas no Brasil vão representar cerca de 30% do sistema de engarrafamento da Coca-Cola no País, atendendo mais de 41 milhões de consumidores.

Tudo o que sabemos sobre:
Coca-Cola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.