Coca-Cola Femsa terá novo centro de distribuição em SP

A mexicana Coca-Cola Femsa vai investir R$ 82 milhões na instalação de um centro logístico em Sumaré (SP). O investimento faz parte do programa de reorganização interna da companhia para atender ao aumento de consumo no Brasil esperado para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

RICARDO BRANDT , ESPECIAL PARA O ESTADO , CAMPINAS , O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2012 | 03h08

Em Jundiaí, também no interior de São Paulo, está a maior unidade de produção da companhia, que vai construir uma nova unidade em Itabirito (MG), por R$ 250 milhões - investimento anunciado em novembro do ano passado. O projeto, que deverá ficar pronto em 2015, ampliará a capacidade de operação da gigante das bebidas em 47%.

"Temos de estar preparados para o crescimento da demanda por nossos produtos", explicou o vice-presidente de Assuntos Corporativos e Jurídico da Coca-Cola Femsa Brasil, Eduardo Lacerda. A empresa fabrica refrigerantes e água e comercializa outros produtos, como chás, sucos, energéticos, isotônicos e a cerveja Heineken.

Segundo a companhia, a escolha de Sumaré levou em conta o acesso às rodovias e a oferta local de mão de obra. "O principal motivo pela escolha é que o local oferece fácil acesso à malha rodoviária e à mão de obra qualificada da região", explica Luiz Fernando Sardinha, diretor de Operações Regional da empresa.

O centro de distribuição, que será o 29.º no País, deve começar a funcionar no segundo semestre de 2013 e será construído em um terreno de 113 mil m². A expectativa é gerar 900 empregos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.