finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

''''Colchão de reservas é bom para o País''''

Para Krueger, recurso é importante em momentos de crises internacionais

O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2024 | 00h00

A ex-diretora-gerente-adjunta do Fundo Monetário Internacional (FMI), Anne Krueger, afirmou ontem que, neste momento de turbulência nos mercados de crédito internacionais, é especialmente importante para o Brasil ter um bom colchão de reservas, não importando de que maneira esteja constituído.''''Uma coisa é certa, os preços das commodities vão cair em algum momento e ter amplas reservas é para o Brasil especialmente importante'''', afirmou Krueger em entrevista.Ela foi uma das palestrantes do segundo dia do 3º Congresso Internacional de Derivativos e Mercado Financeiro, que termina hoje, e está sendo realizado em Campos do Jordão.''''No caso do Brasil, eu manteria um bom colchão de reservas, não importa se de derivativos, câmbio, o importante é ter muitas reservas.''''Segundo Krueger, ''''os países que têm histórico de dificuldades precisam ter nível de reservas mais elevado do que aqueles que nunca passaram por isso, porque os mercados sempre lembram disso, é impressionante''''.''''PIOR IMPOSTO''''Krueger disse ainda que a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) é provavelmente um dos piores impostos que existem e que o compulsório de 45% sobre os depósitos à vista é ''''inacreditável''''.''''Alguns países dizem que não podem investir porque não têm recursos, mas este não é o caso brasileiro. Tem alguma coisa errada, porque não se sabe para onde esse dinheiro está indo'''', disse a ex-diretora do FMI.Krueger afirmou que seria ideal fazer melhor uso dos recursos públicos. Ela citou também as licenças para aprovação de projetos para as empresas como outra dificuldade latente e que prejudica uma maior expansão da economia do País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.