SERGIO CASTRO/ESTADÃO
SERGIO CASTRO/ESTADÃO

Coleta de lixo está suspensa em SP

Prefeitura pede que os munícipes não coloquem o lixo para fora até a retomada da operação dos caminhões; serviços críticos como a limpeza de pós feiras e coleta de resíduos hospitalares serão executados normalmente

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

25 Maio 2018 | 10h35

SÃO PAULO - A Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) suspendeu a coleta de resíduos domiciliares (lixo comum e recicláveis) nesta sexta-feira, 25, por causa dos protestos de caminhoneiros que provocam crise de desabastecimento de combustíveis.

A Prefeitura pede que os munícipes não coloquem o lixo para fora até a retomada da operação dos caminhões. Serviços críticos como a limpeza de pós feiras, recolhimento de animais mortos e coleta de resíduos hospitalares, no entanto, serão executados normalmente. 

+++ Pelo 2º dia consecutivo, Prefeitura autoriza 40% da frota de ônibus no horário de entrepico

+++ Mesmo após acordo com governo, greve dos caminhoneiros chega ao 5º dia; acompanhe

Os Ecopontos também estarão fechados. Os resíduos coletados nesses locais são encaminhados a aterros localizados em rodovias federais e estaduais, muitas delas bloqueadas pelos caminhoneiros, impedindo a chegada dos caminhões aos aterros. Os serviços de limpeza urbana como a varrição de vias e logradouros serão reduzidos. 

Mais conteúdo sobre:
Amlurb feira ônibus lixo combustível

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.