carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Com 0,07%, IGP-DI fica abaixo das previsões do mercado

Beneficiada por quedas generalizadas nos preços do atacado, a inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) despencou em novembro, com alta de 0,07%, ante 1,09% em outubro. A taxa foi uma surpresa para o mercado financeiro, que aguardava no mínimo 0,25%. Para o coordenador de Análises Econômicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Salomão Quadros, a inflação deve permanecer "comportada" no último mês do ano, e a taxa de 2008 deve ficar próxima a 10%. Até novembro, o IGP-DI acumula 9,58% no ano e 11,2% em 12 meses. Embora não seja mais usada para reajustar a tarifa de telefone, a taxa ainda é a indexadora das dívidas dos Estados com a União. Quadros classificou como essencial ao resultado a mudança nos preços atacadistas, que saíram de alta de 1,36% para queda de 0,17% de outubro para novembro. IPC-S A FGV informou ontem também que o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) subiu de 0,56% para 0,73%, entre a quarta semana de novembro e a primeira semana de dezembro, pressionado pela elevação mais intensa nos preços dos alimentos (de 0,99% para 1,36%), no período.

Alessandra Saraiva, O Estadao de S.Paulo

09 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.