Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Com alimentos, inflação para baixa renda acelera pela 3ª vez

Índice sobe 1,38% em maio, ante taxa de 0,97% em abril; Habitação e Saúde também contribuem para a alta

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

05 de junho de 2008 | 08h22

Pela terceira vez consecutiva, os aumentos recentes nos preços dos alimentos puxaram para cima a inflação sentida pelos consumidores de baixa renda. É o que mostra o Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), calculado com base nas despesas de consumo das famílias com renda de 1 a 2,5 salários mínimos mensais (R$ 415,00 a R$ 1.037,50), e que subiu 1,38% em maio, ante taxa de 0,97% em abril.  Veja também:Entenda a crise dos alimentos   Entenda os principais índices de inflação Como era esperado, taxa Selic sobe para 12,25% ao anoSegundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que anunciou hoje o índice, uma das maiores contribuições para esse resultado partiu da aceleração de preços do grupo Alimentação (de 1,94% para 2,85%) na passagem de abril para maio.No ano até maio, o IPC-C1 acumula taxa de 4,62%. Nos últimos 12 meses, a variação atinge 8,24%. Já o IPC-BR, que mede a inflação entre as famílias com renda entre 1 e 33 salários mínimos (R$ 415,00 a R$ 13.695,00) registrou, até maio, taxas de 3,05% no ano e 5,59% nos 12 últimos meses.GruposA instituição esclareceu, em comunicado, que das sete classes de despesa pesquisadas para cálculo do índice, três apresentaram aceleração de preços, de abril para maio. Além de Alimentação, é o caso de Habitação (de 0,13% para 0,37%); e de Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,96% para 1,28%). Outros três grupos registraram desaceleração ou queda de preços, no período. É o caso de Vestuário (de 1,08% para 0,76%); Educação, Leitura e Recreação (de 0,43% para -0,48%); e Despesas Diversas (de 0,34% para 0%). Já o grupo restante, Transportes, permaneceu com nível estável de preços, no período.

Tudo o que sabemos sobre:
InflaçãoIPC-C1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.