Com alta do dólar, gasto de brasileiro no exterior cai 18% em março

Turistas brasileiros gastaram US$ 1,5 bilhão fora do País; déficit na conta de viagens internacionais caiu 26,5% em março na comparação com o mesmo mês de 2014

Economia & Negócios

22 Abril 2015 | 11h09

A alta de 35% do dólar frente o real nos últimos 12 meses diminuiu o apetite do brasileiro por viagens ao exterior. Houve retração de 18% na despesa dos turistas brasileiros fora do País na comparação de março com o mesmo mês do ano passado, no total de US$ 1,5 bilhão.

As despesas dos turistas estrangeiros dentro do Brasil ficou em US$ 548 milhões no mês passado - aumento de 2,9% na comparação anual.

Com isso, houve redução de 26,5% do déficit da conta de viagens internacionais, que ficou em US$ 955 milhões. Em março do ano passado, o déficit estava em US$ 1,3 bilhão.

No acumulado do ano até março, o saldo líquido dessa conta ficou negativo US$ 3,6 bilhões. Em igual período do ano passado, esse valor era de US$ 4,1 bilhões.

Lucros. A alta do dólar frente o real começa a esfriar a remessa de lucros e dividendos para fora do País. Ainda assim, o saldo dessa conta continua negativo - em março, a saída líquida somou US$ 1,2 bilhão. Em igual mês do ano passado, esse envio de recursos foi de US$ 2,1 bilhões.

No acumulado do primeiro trimestre, a saída líquida de recursos via remessa de lucros e dividendos alcançou US$ 2,7 bilhões. O resultado é quase a metade do registrado em igual período do ano passado, quando as remessas foram de US$ 4,9 bilhões. (Com informações de Victor Martins e Adriana Fernandes, da Agência Estado)

Mais conteúdo sobre:
banco centralsetor externo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.