Com descontos de até 90%, compras coletivas entram no Black Friday

Além de produtos do varejo tradicional, serviços também se destacam nas ofertas brasileiras e prometem mais agressividade do que de costume

Ligia Tuon, do Economia & Negócios,

22 de novembro de 2012 | 22h16

SÃO PAULO - Com descontos de até 90% em produtos e serviços, a Black Friday Brasil promete ser agressiva nesta sexta-feira, 23. Além da oferta de produtos dos mais variados segmentos por 300 lojas virtuais do varejo, sites de compras coletivas também prometem oferecer descontos ainda mais chamativos em serviços que vão de restaurantes a viagens.

"É a primeira vez que o mercado de compras coletivas vai entrar com força no Black Friday Brasil. Vamos agregar serviços, restaurantes e viagens, como já é tradicional em sites como Peixe Urbano, Groupon e Click On, que participam do evento", conta Guilherme Wroclawski, sócio-fundador do portal de desconto SaveMe.

Entre os 40 parceiros do site, os consumidores também encontram representantes do varejo tradicional, como Walmart, Ponto Frio, Carrefour e Casas Bahia. "Além dos produtos dos nossos parceiros, nossas ofertas coletivas chegam a 90%", diz Wroclawski. Ao se cadastrar no site, o internauta concorre a um iPhone 5.

No portal de ofertas Busca Descontos, responsável por trazer o evento para o País pelo terceiro ano consecutivo, os internautas encontram reduções de até 75% nos preços dos produtos. O site  irá reunir as ofertas dos 300 representantes do varejo que participam do evento. Quem se cadastra no endereço para ter acesso às ofertas concorre a US$ 1.000 e uma viagem aos Estados Unidos.

Lojas do varejo

Entre os 300 representantes que participam do evento estão Ponto Frio, Casas Bahia, Magazine Luiza, Submarino, Lojas Americanas e a TAM, com ofertas de passagens nacionais e internacionais.

O Ponto Frio, por exemplo, promete descontos que chegam a 70% nas 24 categorias do site, como eletroeletrônicos, informática, eletrodomésticos, móveis, telefonia, entre outras. E, neste caso, as lojas físicas também participam da campanha.

As Casas Bahia também fazem uma promoção nas lojas físicas para aproveitar o dia. A campanha promocional de liquidação é chamada de "Sexta Extraordinária", mas os descontos não foram detalhados.

O Magazine Luiza, por sua vez, coloca 3 mil produtos em promoção, desde os eletrônicos até perfumaria e móveis. Os descontos chegam a 60%. Na rede especializada em perfumes Sepha, os descontos atingem 70% e o frete é grátis para compras acima de R$ 49. A Netshoes também tem ofertas com até 70% de desconto.

A companhia aérea Azul também participa com a campanha "Azul Friday" e oferece descontos de até 25%. As passagens podem ser compradas nesta sexta-feira das 8h às 20h em todos os canais de vendas da empresa.

Descontos honestos

Os sites Busca Descontos e SaveMe deixam claro que, antes de anunciar os produtos com valores reduzidos, há uma seleção, para que não haja maquiagem nos preços.

"Para não acontecer de anunciarmos uma margem de desconto maior do que a realidade, passamos um filtro nos produtos", afirma Wroclawski. "Qualquer movimento que prejudique o usuário na hora da compra é um tiro no pé para sites como o nosso", diz.

Já o Busca Descontos criou o "Selo Oferta Black Friday" e também irá analisar as ofertas para garantir a veracidade dos descontos.

Nos EUA

O Black Friday americano acontece tradicionalmente na primeira sexta-feira depois do Dia de Ação de Graças. Este ano, no entanto, grandes redes de varejo se anteciparam e abriram as portas ainda na noite de quinta-feira. Confira imagens do evento nos EUA:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.