Daniel Roland/AP
Daniel Roland/AP

Com expansão da economia alemã, PIB da zona do euro tem alta de 0,9% em 2014

Alemanha surpreendeu analistas e registrou crescimento de 1,4% no quarto trimestre do ano passado

O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2015 | 08h46

A economia alemã registrou forte expansão no quarto trimestre de 2014 e fez com que o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro crescesse 0,9% em 2014. Na semana passada, a Comissão Europeia, braço executivo da UE, previu que o PIB do bloco crescerá 1,3% este ano e 1,9% em 2016.

No quarto trimestre, o PIB da zona do euro cresceu 0,3% ante o trimestre imediatamente anterior, segundo dados preliminares divulgados pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O dado veio acima da expectativa de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam aumento de 0,2%. Na comparação anual, o PIB do bloco teve expansão de 0,9% entre outubro e dezembro, acima da alta prevista de 0,8%.

O destaque veio da Alemanha, que surpreendeu as expectativas e registrou um crescimento de 1,4% no quarto trimestre de 2014 ante igual período do ano anterior. Em relação ao terceiro trimestre de 2014, houve avanço de de 0,7%, segundo dados do escritório oficial de estatísticas do governo, o Destatis, em cálculo sazonalmente ajustado.

Ambos os resultados ficaram acima das previsões dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que esperavam expansão de 1,0% na comparação anual e de 0,3% no confronto trimestral.

Em todo o ano de 2014, o PIB da Alemanha apresentou um crescimento de 1,6%, pouco acima da expansão apresentada em 2013, de 1,5%. 

França. A economia francesa registrou um crescimento de 0,1% no quarto trimestre do ano passado em comparação com o trimestre anterior, informou o governo francês nesta sexta-feira. O resultado ficou em linha com a previsão dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires. Diante de igual período do ano anterior, o PIB apresentou alta de 0,4% nos últimos três meses de 2014. 

Portugal. O PIB de Portugal avançou 0,5% no 4º trimestre de 2014, em comparação com o resultado verificado nos três meses imediatamente anteriores, informou o país nesta sexta-feira. Na comparação com o desempenho da economia nos três últimos meses de 2013, o PIB português registrou alta de 0,7% no trimestre passado. No ano de 2014 como um todo, o PIB registrou aumento de 0,9%, após verificar uma contração de 1,4% da economia em 2013. 

Itália. O PIB da Itália registrou contração de 0,3% no quarto trimestre de 2014, na base de comparação anual. Em relação ao desempenho do trimestre imediatamente anterior, a economia italiana permaneceu estável, como era previsto pelos analistas consultados pela Dow Jones Newswires.

O comparativo anual, contudo, teve resultado um pouco melhor do que o projetado pelos economistas, que esperavam contração de 0,4%. Em todo o ano de 2014, o PIB da Itália registrou queda de 0,4%. Apesar de negativo, o resultado foi melhor que o verificado em 2013, ano em que a economia italiana encolheu 1,9%. 

Grécia. O PIB da Grécia registrou contração de 0,2% no 4º trimestre de 2014 em relação aos três meses imediatamente interiores, informou o país nesta sexta-feira. No comparativo com o último trimestre de 2013, a economia grega registrou expansão de 1,7%.

Mais conteúdo sobre:
zona do euro PIB 4º trimestre 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.