Fabian Bimmer|Reuters
Fabian Bimmer|Reuters

Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Com exportações, balança comercial tem melhor maio desde 1989

Superávit visto no mês foi de US$ 7,6 bi; exportações somaram US$ 19,7 bi contra US$ 12,1 bi em importações

Lorenna Rodrigues, O Estado de S.Paulo

01 de junho de 2017 | 15h36

BRASÍLIA - A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 7,661 bilhões em maio. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o resultado representa o maior superávit mensal registrado na série histórica, que teve início em 1989. No acumulado do ano, o superávit alcançou US$ 29,032 bilhões, também o maior para os cinco primeiros meses do ano da série histórica.

O resultado de maio superou a mediana das estimativas coletadas pelo Projeções Broadcast, calculada em US$ 7,500 bilhões. O intervalo das previsões de 27 instituições consultadas ia de US$ 6,080 bilhões a US$ 8,500 bilhões.

Brasil recebeu US$ 3,4 bilhões após estouro da crise política

Em maio, as exportações somaram US$ 19,792 bilhões, enquanto as importações totalizaram US$ 12,131 bilhões. Na quarta semana de maio (de 22 a 28), a balança registrou superávit de US$ 1,942 bilhão e, na quinta (de 29 a 31), de US$ 873 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
BRASÍLIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.