Com fábrica no País, Triumph quer Brasil entre 5 maiores mercados da marca

Marca inglesa de motocicletas vai produzir dois modelos na Zona Franca Manaus 

Wladimir D'Andrade, da Agência Estado,

31 Outubro 2012 | 19h30

SÃO PAULO - A marca de motocicletas Triumph quer o Brasil como um dos cinco maiores mercados mundiais da marca inglesa e, para isso, vai construir a sua primeira fábrica no País no Amazonas. A unidade vai produzir dois modelos na Zona Franca de Manaus: a Bonneville T-100 e a Tiger 800XC, mas também importar a Tiger Explorer. Hoje, para a Triumph, o Brasil é o 11º maior mercado.

Detalhes da fábrica - a 11ª da marca no mundo - serão anunciados na segunda-feira, 5, pelo diretor mundial de Marketing e Vendas da Triumph, Paul Stroud, e pelo gerente geral da subsidiária brasileira, Marcelo Silva. O anúncio ocorre no ano em que a Triumph completa 110 anos de existência. Atualmente, a montadora produz 50 mil motos em suas dez plantas no mundo, segundo sua assessoria de imprensa. A empresa vai inaugurar a sua primeira concessionária no Brasil no próximo dia 10, na capital paulista.

A Triumph chega ao Brasil em um momento difícil para o mercado de motocicletas por conta, principalmente, de aumento da restrição do crédito para a compra desses veículos que derrubou as vendas em cerca de 18% em comparação ao ano passado, segundo dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). 

Mais conteúdo sobre:
Triumph motos fabrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.