Com filas, iPhone 5 começa a ser vendido

Aparelho estreou com sucesso nos EUA e em mais oito países, apesar das críticas ao novo sistema operacional para celulares da Apple

NAYARA FRAGA, ESTADÃO.COM.BR, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2012 | 03h08

As críticas sobre o novo aplicativo de mapas da Apple - lançado nesta semana junto com a nova versão do sistema operacional dos dispositivos móveis da empresa - parecem não ter afetado o começo das vendas do iPhone 5. Grandes filas se formaram ontem em frente a lojas oficiais da marca e de revendedoras nos EUA e em mais oito países.

Apenas na loja da Apple na Quinta Avenida, endereço movimentado em Nova York, 1,3 mil pessoas formaram fila de manhã, disse o gerente sênior de produtos para iPhone, Eric Jue, segundo o New York Times.

Em Cingapura, consumidores aguardaram 12 horas a abertura de uma loja, segundo o site de tecnologia ZDnet. E houve fila até debaixo de chuva fina em Tóquio, como mostraram as fotos veiculadas por sites e agências internacionais.

Repetindo o cenário dos outros anos, houve quem se fantasiasse de iPhone e de Steve Jobs ou exibisse cartazes do tipo "primeiro do mundo a comprar o iPhone 5", caso de um rapaz de Sidney, na Austrália, que acabou não conseguindo o posto. Um casal de namorados comprou o celular antes e foi fotografado pelo site Gizmodo.

O iPhone 5 foi apresentado pela Apple no dia 12 de setembro. Entre suas novidades em relação ao iPhone 4S estão a tela maior, a espessura menor e o suporte à conexão 4G LTE. Além disso, o aparelho pesa 112 gramas e é 20% mais leve que a geração anterior.

A Apple não divulgou quando o iPhone 5 chega ao Brasil.

Problemas. A iOS 6, nova versão do sistema operacional dos dispositivos móveis da Apple, foi liberada nesta semana. Parte do pacote de atualizações, o aplicativo de mapas (que substitui o Google Maps) foi fonte de inúmeras reclamações. Usuários têm encontrado falhas que viraram piada na internet, como a identificação de um aeroporto no lugar de uma fazenda.

Mesmo assim, a expectativa para as vendas é positiva. Gene Munster, analista do banco de investimentos Piper Jaffray, prevê a venda 8 milhões de iPhones 5 neste fim de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.