Com medidas do BC, Bradesco terá pelo menos R$10 bi a mais para emprestar

Medidas anunciadas incluem redução no recolhimento de parte dos compulsórios e no requerimento de capital para risco de crédito

REUTERS

25 de julho de 2014 | 13h18

Medidas de flexibilização dos requerimentos de capital anunciadas pelo Banco Central devem aumentar em pelo menos 10 bilhões de reais a capacidade de empréstimos do Bradesco, disse nesta sexta-feira à Reuters o presidente-executivo do banco, Luiz Carlos Trabuco.

"Para nós, a flexibilização dos requerimentos podem aumentar em pouco mais de 10 bilhões o crédito sem necessidade adicional de capital", disse Trabuco.

As medidas anunciadas mais cedo incluem redução no recolhimento de parte dos compulsórios e no requerimento de capital para risco de crédito.

Segundo Trabuco, a flexibilização nos compulsórios deve liberar para o Bradesco um montante adicional de cerca de 6 bilhões de reais.

(Por Aluísio Alves)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBRADESCOCOMPULSORIOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.