Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Com o fim do IPI reduzido, produção de veículos cai 13,7% em 12 meses, calcula Anfavea

As vendas de automóveis recuaram 31,4% em janeiro em relação a dezembro e 18,8% ante o mesmo mês do ano passado

Igor Gadelha, Agência Estado

05 Fevereiro 2015 | 12h21

A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro aumentou 0,4% na comparação com dezembro, mas recuou 13,7% ante janeiro de 2014. No primeiro mês do ano, foram produzidos 204.751 veículos no País, divulgou nesta sexta-feira, 5, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Considerando apenas automóveis e comerciais leves, a produção em janeiro chegou a 193.821 unidades, baixa de 3% na comparação coma dezembro e recuo de 12,3% ante janeiro de 2014. No mês passado, foram produzidos 165.393 automóveis e 28.428 comerciais leves.

A produção de caminhões, por sua vez, avançou 128,1% em janeiro na comparação com dezembro, mas recuo 38,7% ante janeiro de 2014. Ao todo, a produção de caminhões atingiu 8.447 unidades em janeiro, contra 3.704 em dezembro e 13.776 em janeiro de 2014. 

No caso dos ônibus, foram produzidas 2.483 unidades em janeiro, alta de 311,1% na comparação com dezembro e avanço de 2,1% ante janeiro do ano passado. Em dezembro, tinham sido produzidas 604 unidades, enquanto em janeiro de 2014, 2.431.

Vendas. As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus caíram 31,4% em janeiro na comparação com dezembro e 18,8% ante o mesmo mês do ano passado. No primeiro mês de 2015, foram emplacadas 253.803 unidades em todo o País.

O resultado coincide com o fim da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Em janeiro, as montadoras voltaram a pagar a alíquota cheia, que ficou achatada entre de maio de 2012 até o último dia de 2014. A alíquota dos modelos 1.0, que era de 3%, subiu para 7%; Para motores entre 1.0 e 2.0, a alta foi de 9% para 11%. Nessa faixa e para carros com motores de maior capacidade volumétrica, o imposto subiu de 10% para 13%.

Levando em conta apenas automóveis e comerciais leves, as vendas em janeiro totalizaram 244.253 unidades, baixa de 31% na comparação com dezembro e recuo de 18,6% ante janeiro de 2014. No mês passado, foram vendidos 206.112 automóveis e 38.141 comerciais leves.

As vendas de caminhões, por sua vez, atingiram 7.675 unidades em janeiro, queda de 44% na comparação com dezembro e recuo de 28,8% ante janeiro de 2014. No caso dos ônibus, foram vendidas 1.875 unidades no primeiro mês deste ano, queda de 19% na comparação com dezembro, mas alta de 8,1% ante o mesmo mês do ano passado. 

Mais conteúdo sobre:
anfavea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.