finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Com reajuste de pedágio, avião sai mais em conta que carro

Com o aumento no preço dos pedágios, viajar de avião ficou mais em conta do que viajar de carro. Pelo menos no trajeto entre São José do Rio Preto e São Paulo. Numa viagem ida e volta de avião pela TAM e Gol Linhas Aéreas, a economia para quem troca o carro pelo avião pode chegar a 20%, além da vantagem de não passar de quatro a cinco horas dentro do carro - a viagem aérea dura cerca de uma hora.A viagem de avião de ida e volta entre as duas cidades sai por R$ 244,00 pela Gol e R$ 276,00 pela TAM, de acordo com a tarifa promocional. No percurso de 451 quilômetros entre as duas cidades, ligadas pelas rodovias Washington Luís, Bandeirantes e Anhangüera, passa-se por 9 pedágios, cujos preços subiram na sexta de R$ 90,20 para R$ 98,60, para veículos de passeio.Se somar os custos dos pedágios com as despesas de combustível, a viagem sai entre R$ 262,00 e R$ 300,00, dependendo do consumo do veículo e do preço da gasolina. "No meu caso a viagem saiu mais cara do que se tivesse ido pela Gol. Gastei cerca de 270,00", diz o engenheiro civil Sérgio Henrique Matoso, cujo carro fez a média de 12 km por litro de gasolina, que custou R$ 2,17, preço médio em Rio Preto na semana passada segundo a ANP. Se o veículo fizer 10 km por litro, o custo sai por R$ 296,00, 20% mais alto que a passagem aérea. Há três meses, o empresário José Roberto Oliveira usa o avião para ir para a capital. "Mas se não reservo passagem com antecedência, não consigo comprar na promoção", diz.

Agencia Estado,

04 de julho de 2005 | 07h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.