Combate à alta de preços é prioridade, diz Lula

Lula culpa demanda maior por alimentos e alta do petróleo pela pressão inflacionária mundial

Reuters,

16 de junho de 2008 | 11h45

O combate à inflação continua sendo uma prioridade do governo brasileiro, afirmou nesta segunda-feira, 16, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante evento na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).  "O controle da inflação continuará sendo prioridade do meu governo. Temos instrumentos para isso", disse Lula, durante cerimônia realizada na Bovespa para comemorar a obtenção dograu de investimento pela economia do País.  Veja também:Alimentos sobem em dose tripla nos países pobresEntenda os principais índices de inflação  Entenda a crise dos alimentos  Na elite do mercado mundial  No discurso, o presidente disse que é preciso evitar que aumentos temporários de preços se tornem permanentes. Na avaliação de Lula, a alta dos preços do petróleo e a forte demanda mundial por alimentos são os principais responsáveis pela atual onda inflacionária.  Os índices de inflação no Brasil têm avançado nos últimos meses de forma consistente. Em maio, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), registrou alta de 0,79%, o maior avanço para meses de maio desde 1996. Em 12 meses, a alta foi de 5,58%, mais de um ponto percentual acima do centro da meta de inflação fixada para 2008.  Ao mesmo tempo em que reafirmou o compromisso de combater a alta dos preços, o presidente disse que isso será feito sem comprometer a taxa de crescimento da economia do País.  "Vamos controlar a inflação, mas mantendo o crescimento sustentável", disse o presidente, que trabalha com a hipótese de que o país terá, ao menos, dez anos de crescimento sustentável.  No primeiro trimestre do ano, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 0,7% em relação aos três últimos meses de 2007. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a expansão foi de 5,8%.  As declarações de Lula na Bovespa foram semelhantes ao que o próprio presidente disse nesta segunda-feira, durante seu programa semanal de rádio. Lula disse durante o programa Café com o Presidente que os "números mais equilibrados" da economia ajudam a combater a inflação no País.

Tudo o que sabemos sobre:
InflaçãoAlimentosLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.