Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Combustíveis puxam alta da inflação medida pelo IPCA

A inflação medida pelo IPCA subiu para 0,69% em novembro, contra 0,44% em outubro, divulgou hoje o IBGE. A alta foi puxada pelo aumento dos combustíveis. O IPCA acumula alta de 6,68% no ano e de 7,24% em 12 meses. A meta de inflação prevista neste ano é de 5,5%, mas o Banco Central permite uma tolerância de até 8%.O resultado de novembro ficou dentro das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, entre 0,62% a 0,73%. A gasolina subiu 2,56%, contribuindo com 0,11 ponto porcentual para a taxa e o álcool aumentou 11,17%, sendo responsável por 0,10 ponto porcentual de alta. O aumento de preços dos combustíveis pressionou também as passagens aéreas, que subiram 2,86% em novembro.Outras pressões vieram do telefone fixo, 2,66%; gás de cozinha, 1,45%; e dos alimentos, que desaceleraram o ritmo de queda nos preços para -0,01% em novembro contra deflação de 0,23% em outubro. Os produtos não alimentícios subiram 0,90% em novembro contra 0,64% em outubro.O INPC, que mede a inflação para a camada de renda mais baixa da população, ficou em 0,44% em novembro contra 0,17% em outubro e acumula no ano alta de 5,23%, e em 12 meses de 5,8%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.