Começa coleta de assinaturas para reduzir carga horária

Cerca de 70 trabalhadores ligados às centrais sindicais começaram por volta das 10 horas, na Praça Ramos, centro de São Paulo, a coleta de assinaturas pela redução da jornada de trabalho, de 44 para 40 horas semanais, sem a redução de salários.Segundo a Força Sindical, eles pretendem colher 1,5 milhão de assinaturas em todo o País. O abaixo-assinado será entregue ao Congresso Nacional em maio para mostrar aos parlamentares a necessidade de se reduzir a jornada de trabalho.

AE, Agencia Estado

11 de fevereiro de 2008 | 11h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.