Começa julgamento de fraude da Parmalat em Milão

O fundador e ex-presidente da Parmalat está sendo julgado nesta quarta-feira junto com outros ex-diretores, advogados e contadores da companhia, aproximadamente dois anos depois que foi descoberta a enorme fraude da gigantesca empresa de laticínios italiana.Calisto Tanzi, fundador da Parmalat Finanziaria SpA, e outras 15 pessoas são acusados de manipular o mercado,.relatar falsas informações contábeis e enganar o órgão regulador mercado acionário italiano, fraude que soma US$ 18 bilhões ( 14,99 bilhões).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.