bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Começa o desafio, diz presidente da Lojas Marisa

A estréia das ações da Lojas Marisa hoje na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) representa mais um passo rumo à modernidade e perpetuação da companhia, segundo o presidente da rede, Márcio Goldfarb."Acredito que a nossa crença de levar moda de qualidade a preço acessível para as mulheres e famílias de todo o País, em um mercado extremamente promissor, foram alguns dos diferenciais para atrair os investidores para a oferta de ações", afirmou, em seu discurso que antecedeu o início dos negócios no pregão.Acompanhado da esposa Fany e da mãe, que chama de Rosinha, o executivo agradeceu o apoio e confiança da família. "Hoje é um dia muito especial. Após uma seqüência de etapas vitoriosas, vamos iniciar outra ainda mais empolgante e desafiadora", disse. Goldfarb lembrou que seu pai fundou a empresa há cerca de 60 anos, com uma pequena loja no centro de São Paulo."Confiantes e cheios de esperanças, iniciamos hoje um relacionamento firme e aberto com a comunidade investidora. Agradeço a todos que contribuíram para a execução da oferta."Às 12h14, as ações ordinárias da Lojas Marisa registravam baixa de 0,20%, cotadas a R$ 9,98. Com o ingresso da Marisa no Novo Mercado, a Bovespa passa a registrar, no ano, 54 ofertas públicas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês), que elevam para 147 o número de companhias que participam dos segmentos especiais de governança corporativa, sendo 85 no Novo Mercado, 20 no nível 2 e 42 no nível 1.

BETH MOREIRA, Agencia Estado

22 de outubro de 2007 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.