Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Comércio deve ter o melhor Natal em 10 anos

O desempenho do comércio varejista neste Natal será o melhor dos últimos dez anos, segundo previsões do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV). As 28 grandes redes varejistas que integram a entidade devem encerrar 2007 com crescimento real de 12% nas vendas na comparação com 2006. Juntas essas companhias vão faturar quase R$ 100 bilhões ao longo deste ano. Essas empresas ampliaram em 7,4% o número de pontos-de-venda de 2006 para 2007, passando de 8,7 mil para 9,4 mil lojas.A área de vendas também cresceu: era de 7 milhões de metros quadrados em 2006 e atingiu neste ano 7,7 milhões metros quadrados, com alta de 10,8%. O emprego direto no setor nesse período subiu 12,3%, totalizando 383 mil postos de trabalho.?Este será um ano recorde para o varejo?, afirma o consultor do IDV, Emerson Kapaz. Quando se considera o varejo como um todo, não apenas as 28 grandes redes, a projeção é de um crescimento real de 9,3% nas vendas, observa. Crédito farto, calote em queda, recuperação da renda e do emprego são fatores apontados pelo consultor para que o setor atinja esse desempenho.Ele destaca que os segmentos de eletrodomésticos, móveis e artigos de informática estão com desempenho acima da média do comércio varejista e sustentam neste ano crescimento significativo nas vendas contrariando as projeções que apontavam um certo esgotamento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

22 de novembro de 2007 | 09h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.