Comércio do Brasil não foi afetado

Os números do comércio exterior brasileiro ainda não foram afetados pelas turbulências no norte da África e Oriente Médio, disse o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira. Porém, explicou ele, a balança comercial leva algum tempo para refletir mudanças num determinado mercado, Dos países afetados pela onda de manifestações, o que mais preocupa o Brasil é o Egito, disse Teixeira. O país ao lado da Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Irã, são os maiores mercados do Brasil na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.