Comércio eletrônico de imóveis

Quem pretende comprar ou alugar uma casa já tem por onde começar. Há alguns meses, o portal planetaimovel.com oferece gratuitamente um banco de dados com imóveis de mais de 900 imobiliárias brasileiras, entre companhias famosas como Lopes, Seabra, Coelho da Fonseca e Fernandez Mera. O sistema reúne informações sobre apartamentos, casas, pontos comerciais, aluguéis de temporada, terrenos, galpões, sítios e flats espalhados por São Paulo (capital, interior e litoral), Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Belo Horizonte, Salvador e Brasília.Apesar de não ser novidade, o serviço ainda é desconhecido por boa parte das pessoas, que não sabe como funciona o negócio. A gerente comercial do Planeta Imóvel, Patrícia Pousa, explica que o site facilita o contato entre clientes e empresas imobiliárias e que a concretização do negócio é feita pelo sistema tradicional. Como utilizar o portalPara encontrar opções de compra ou aluguel , basta acessar o sistema de busca, informando os dados desejados no imóvel: localização, tipo, faixa de preço, número de dormitórios, área útil, idade e categoria do imóvel. O programa retorna as ofertas de todas as imobiliárias que têm imóveis no perfil desejado. A partir daí, o internauta decide se quer contatar a empresa por e-mail ou telefone. Caso não apareça nenhuma opção, o cliente é convidado a fazer cadastro para receber informações assim que houver um imóvel. Em alguns casos, também é possível fazer um tour virtual pelo imóvel desejado.Quem deseja vender uma propriedade deve preencher um formulário com seu perfil e localização. O Planeta Imóvel indicará cinco opções de imobiliárias fisicamente próximas ou especializadas no perfil do imóvel e, depois de feito o cadastramento, a oferta já estará disponível para consulta no site. "Os clientes também podem solicitar uma avaliação virtual gratuita para ter uma idéia do valor de mercado do imóvel", diz Patrícia. Além do banco de dados, há vasto conteúdoCaso o internauta não queira comercializar ou alugar imóveis, pode utilizar o conteúdo do site. Há notícias sobre o mercado imobiliário, cartilha de reformas, dicas para realizar mudanças, textos de arquitetura e decoração. Um serviço que se destaca são as reportagens sobre as principais cidades e bairros brasileiros. Trata-se de uma radiografia sob o ponto de vista do morador, com informações sobre saúde, educação, trânsito, valorização dos imóveis, comércio e serviços disponíveis na vizinhança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.